segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Buzz Help

Precisamos da vossa ajuda!

Normalmente, o Buzz fica no terraço. Tem a sua casota e a mesa a servir de alpendre para não apanhar chuva.
Nos primeiros tempos chateava-se um bocado, depois habituou-se, e agora, voltou a não gostar!
Atira-se aos estores e agora aprendeu a levantá-los (e estragá-los). O primeiro contacto com as floreiras também não foi o melhor (para as plantas, principalmente).

Confesso que, com este tempo, mesmo sabendo que se consegue proteger da chuva, custa-me horrores deixá-lo lá fora e então, andamos a tentar deixá-lo dentro de casa.
Anteriormente, já tentámos esta abordagem e o resultado não foi o melhor (incluiu a porta da entrada toda riscada).
Ontem, tentámos por um período curto – cerca de 2 horas – e a coisa até funcionou.
Agora a ideia é deixá-lo o dia todo dentro de casa.
 Segundo os entendidos, o seu comportamento nervoso e destrutivo é ansiedade de separação!
Como ainda não nos saiu o Euromilhões o Buzz não pode ter uma nanny a tempo inteiro e não temos alternativa: tem mesmo que ficar sozinho enquanto trabalhamos.
No terraço os danos são menores mas, dentro de casa, parece-me que ele estará muito mais confortável, então queria muito que fosse possível.
Já fechamos todas as portas (apesar de ele conseguir abrir as que não estão fechadas à chave) e não deixamos nada “acessivel” mas nunca sabemos o que ele pode inventar.

Como fazem com os vossos cães? Quais os métodos que utilizam para eles ficarem entretidos todo o dia? E quando saiem, como é que eles ficam?

Obrigada desde já!

Update: Não quero lançar foguetes antes do tempo mas é com muito orgulho que digo que hoje ficou em casa e portou-se MUITO bem. Acho que o Buzz já está a perceber a ideia e os benefícios de ficar no quentinho!

6 comentários:

  1. Não posso dar grandes opiniões porque o meu cão era bebé e desde sempre ficou em casa, foi ganhando espaço a medida que dava mais confiança.
    Mas ele era bebe e fazia as necessidades onde calhava, não podia ficar com a casa toda.
    Não sei como é com vocês, se tem esse problema, suponho que não consigam ir com ele a rua a hora de almoço.
    Se puderem deixar uma nesguinha aberta para ele ir ao terraço e voltar, não sei...
    O melhor mesmo é não lhe darem já a casa toda, eles encontram coisas que nós nunca imaginamos.
    Tentem cansá-lo mais de manha na rua para não ter tanta energia acumulada. Possivelmente em algum tempo as coisas de casa já não vão ter tanto interesse para estragar, mas o meu cão também nunca estragou muita coisa.
    Boa sorte :)
    P.S. Acho optimo que o deixem em casa, eu não consigo deixá-los assim em pouco espaço e na rua. Com o tempo habitua-se :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema do Buzz é mesmo a destruição, fica com o corredor livre e a cozinha.
      Ontem portou-se bem, parece que está a aprender :)
      E quando sais de casa? como é a reacção?
      Obrigada,
      Filipa

      Eliminar
    2. Infelizmente esse problema não se coloca porque ele já não está por cá...
      Agora tenho uma gatinha e são menos destruidores, ou pelo menos em termos de impacto.
      Mas ele ficava bem, mas lá está, foi para lá com meses (estava na rua com a mãe e irmãos). A realidade dele sempre foi aquela. E no geral pelo que conheço acho que nem estragou muito, só uns sapatos, um telemóvel... pouco mais.
      Quando era mesmo pequeno eu andava no 9ano, estava mais por casa do que vocês estarão, e foi-se habituando, acho que dormia muito hehe
      O importante e como ele teve outra vida acho que é manterem a mesma posição.
      Se agora o deixam em casa, não deixem depois no terraço senão só vai fazer com que quando ficar novamente em casa fique novamente excitado.
      Eventualmente vai-se habituando, porque também temos que ver que apesar de grandão, ainda é cachorro, quer brincar.
      Tenham vários brinquedos para os dentinhos, dos que ele goste, para nao ir ao que não deve. O meu adorava aqueles ossos que ficam um nojo quando eles os roem.
      Aó viveu até ao 4 anos, mas nessa idade era confiança total na casa toda, só ia as plantas de vez em quando tirar uma territa e só uivava quando havia miudas no pedaço, de resto não ladrava nem nada durante o dia (segundo os vizinhos).
      P.S. não tem nada a ver, mas lembraste de perguntar sobre o comedouro para o gato, comprei e desisti, ela fez completo boicote aquilo, comia por cima e deitava aquilo ao chão para sairem as bolinhas, desisti... hehe
      Inês

      Eliminar
  2. Vou perguntar ao papá, já que ele é veterinário e tem sempre ideias giras... uma tia minha andava com o mesmo problema com a cadela dela (que até lhe roía as paredes, ficaram com verdadeiras crateras!) e ele lembrou-se de lhe dizer para deixar um rádio ou a tv ligada. Com o barulho, ela não se sentia tão sozinha e passou a portar-se lindamente. Que idade tem o Buzz? :*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Querida,
      Já tentamos o rádio mas ele não ligou grande coisa... surpreendentemente, depois de eu escrever este post ele portou-se bem! vamos ver como corre hoje. Acho que ele está a perceber que é mais confortável ficar em casa! Tem 1 ano e meio :)
      Eu acho que o facto de ele ter sido maltratado também tem impacto :(
      Beijinho

      Eliminar
  3. Filipa eu tenho duas em casa mas durante dois anos foi so a Rosa e apesar de ela ter a casota dela na varanda tambem me custava deixa-la lá o dia todo e entao passei a deixar a porta aberta de maneira a que ela entra-se e sai-se quando lhe apetecia e na sala tinha outra cama para ela com os brinquedos e os ossos. Ia á rua de manha e depois dizia-lhe que ia trabalhar mas que depois voltava,fazia -lhe muitas festas e saia. Quando voltava o que acontecia era os brinquedos espalhados mas tudo bem e apercebia me que ela ia ate á varanda durante o dia e depois voltava para a sala sem problemas. O unico estrago foi um par de chinelos que ela entendeu ter um na casota da varanda e um na cama da sala para sentir o cheiro dos donos enquanto nao estavamos. Eles acabam por entender que vamos mas depois voltamos . Eu falo sempre com as minhas princesas antes de sair de casa, que vou mas volto e que gosto muito delas e dou muitos beijinhos e festas, e ela sossegam. Boa sorte

    ResponderEliminar