sábado, 11 de maio de 2013

Afinal havia outra ...

Risotto de cogumelos, camarão e Martini.
...foto de pratos para mostrar.
A sério, só mais esta, pode ser? Aproveito e conto-vos a história.
Desde pequena que adoro arroz peganhento e empapado, sempre foi o meu favorito. Quando o arroz ficava assim peganhento eu adorava, e esforçava-me por o conseguir desse modo mas pelos vistos, era a única lá por casa - e cá por casa, diga-se.
Há uns anos, descobri a variedade maravilhosa que é o arbóreo (até uso para arroz doce nas poucas vezes que o faço) e percebi que o meu gosto, afinal era super refinado: Risotto.
Fiz risotto uma primeira vez, super entusiasmada com o resultado e o Pedro odiou. Coincidência ou não, nessa noite até teve que ir ao hospital (mas não teve nada de nada a ver com o risotto).
Após isto, eu só comia risotto fora ou então em alguns jantares que organizava aqui em casa. No entanto esta segunda hipótese é mais complicada porque o risotto, além de ter que ser servido na hora, requer uma presença constante na cozinha, ou seja, só podia ser com poucos convidados, e que não se importassem de estar metidos comigo na cozinha enquanto fazia o dado risotto.

Andava cheia de vontade de risotto. Não só de comer risotto mas também de o fazer. Como não é um prato que faço muito, vou sonhando e divagando com novas variações.

Eis que, este mês, o desafio do fórum da bimby, são pratos com arroz. Lá tinha eu que fazer o risotto, para participar com foto.
E hoje ao jantar não resisti. Fiz risotto só para mim. O Pedro foi corrido a carbonara com bacon e não se importou nada. Subornei-o com um pão de alho e queijo caseiro para entrada para justificar o tempo que ia estar na cozinha e acho que funcionou.
 Experimentei uma receita que andava a "criar" na minha imaginação há que tempos e funcionou super bem.
A receita está aqui:
http://www.forumbimby.com/forum/index.php?topic=6886.0

3 comentários:

  1. Ficou com muito bom aspecto,
    Bom domingo
    bjs

    ResponderEliminar
  2. Também é como eu gosto do arroz, peganhento com fartura.
    Em casa dos meus pais, a minha mãe fazia o arroz branco e depois colocava-o num escorredor para tirar o exceosso de água. E pousava o dito cujo em cima da panala onde tinha cozinhado o arroz. Quando era hora de servir, eu punha aquela molhaca toda no meu prato. mnhami mnhami.

    Curiosamente risotto nunca fiz, mas um dia hei-de ganhar coragem.

    ResponderEliminar
  3. Ah, é verdade, o teu risotto tem óptimo aspecto.

    ResponderEliminar